A jornada é longa, difícil...mas o nascer do sol compensa....

Frase da semana...

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.
Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.
Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

Fernando Pessoa




segunda-feira, 8 de março de 2010

As princesas da rainha

8 de março... dia internacional da mulher...

Desde àquelas moças trabalhadeiras que foram queimadas nos EUA e nos deixaram esse dia como "homenagem" até às moças trabalhadeiras que deixaram sua cidade, sua família, seus amigos e foram atrás de uma carreira, as mulheres deixam suas marcas na sociedade contemporânea.

Este blog é uma homenagem às cidadãs da Princesa do Sul que vieram morar e trabalhar na Rainha da Fronteira... para quem não é do Sul: saíram de Pelotas para Bagé.
A distância de aproximadamente 180km não impede as idas e vindas aos finais de semana, mas colabora para aumentar a saudade daqueles que nos são muito caros e também das bobagens cotidianas...  (ah o café Aqquarius... ah as festas da Helô... ahhhhh os bolinhos do Nenê.... as carnes do Cruz .... as tortas da Multidoces...)

Hoje deixei minha filha de 11 meses na escolinha e, pela primeira vez, ela chorou... e eu também (não pela primeira vez) a Tia disse que era o final de semana... acostumou com a família... Mulheres contemporâneas têm essa complicação de conciliar trabalho e família. Esses dias eu li uma crônica da Lya Luft na qual ela criticava as mães trabalhadoras que estavam perdendo a melhor fase da vida dos filhos. Ela escreveu tanta bobagem que me deu muito nojo. Como se fosse opção deixar os  filhos com outra pessoa. a vida contemporânea não permite que a maioria das famílias brasileiras seja mantida por uma única fonte de renda, nem é justo (e tampouco saudável) que apenas o marido arque com as despesas domésticas. Portanto, mães que trabalham não estão perdendo tempo com os filhos, estão ensinando a eles que é necessário ter um trabalho, ser cidadão pleno. Pesquisas recentes apontam que é muito mais importante usar de forma saudável e produtiva o tempo que se pode passar com os filhos do que ficar toda uma tarde/manhã em casa e deixá-los plantados em frente à T.V ou brigando por causa da bagunça, gritaria ou qualquer outra travessura.
Minhas amigas que saíram e casa para abraçar uma carreira, que deixaram parte de suas vidas em outras cidades... meu respeito e minhas felicitações pelo Dia da Mulher... trabalhadoras do Brasil, força, coragem e delicadeza!
beijos

7 comentários:

PK disse...

Lindo texto amada... Parabéns... e Lindo Blog...

Flávia Gadonski disse...

é isso mesmo Jak!!!! salve as guerreiras de todo mundo! beijocas

João Lobo disse...

Clap! Clap!
Parabéns pelo dia e pela inspiração do texto!
Só uma coisinha... Teu repúdio à Lia deve ter sido premonitório (ou pós-monitório? - hahaha), ela é muito amiga da Yeda... http://miltonribeiro.opsblog.org/2009/02/17/yeda-crusius-e-lya-luft-pareo-durissimo/

Beijos e sucesso!

Gaucho´s disse...

Parabéns pela data tão especial amadíssima. Afinal o que seria da gente sem vocês. Esposas, mães, batalhadoras diárias que se dividem entre casa, trabalho, marido, filhos e ainda tem que estar sorrindo, até naqueles dias....hehehe.. Mil beijos paixão e paixãozinha Va pelo dia de vocês.

iara77 disse...

Muito já chorei e às vezes tbm fico pensando o quanto posso me permitir estar longe da minha pequena e o quanto me dou o luxo de estar perto dela... mas cada segundo vale a pena quando bem aproveitado. Por isso, de manhã sou mãe brincalhona e risonha. À tarde, me preocupo com metas e desenvolvo pessoas. Já à noite meu bem... aconchego, refúgio e amor. Em qualquer horário é um só coração que bate acima de tudo, comandando esta mulher que se desfaz e refaz todo dia.

Clever Martins Leitzke disse...

Parabéns pelo blog!!

Eliege disse...

oiii amada, adorei teu blog...aliás ele é a tua cara: forte, autêntico e cheio de talento!!!esse texto é ótimo e..não sei pq me identifiquei rsrsrsrs, mas qto às coisas boas de Pel tu esqueceu os canapés da Arita hheheheeeh q saudaaaades
bjusssss

Postar um comentário